As Minas

“Minas, são muitas. Porém poucos são aqueles que conhecem as mil faces dos Gerais”. Essa frase do grande escritor mineiro João Guimarães Rosa revela a grandiosidade de Minas Gerais, estado que abriga grande parte do patrimônio histórico brasileiro, além de se destacar pela sua arte e pela sua culinária.


Para quem gosta e/ou quer saber mais sobre o período colonial brasileiro, a visita às cidades históricas mineiras é um prato cheio. Aqui, destacamos Ouro Preto, primeira cidade brasileira considerada Patrimônio Cultural da Humanidade, que leva esse nome pela característica escura do ouro encontrado na região, na época do Ciclo do Ouro no Brasil.


Ouro Preto é conhecida pela sua infinidade de Igrejas e capelas, assim como pelos belos casarões e sobrados em estilo colonial. Outro destaque da cidade são as obras de Aleijadinho, um dos maiores artistas brasileiros. O escultor, nascido em Ouro Preto quando a cidade ainda se chamava Vila Rica, era filho de um português com uma escrava brasileira. Mesmo com todo reconhecimento do seu trabalho, sua condição de mestiço nunca permitiu assinar as próprias obras. Hoje, no entanto, Aleijadinho é considerado o maior artista da arte barroca brasileira. Na cidade de Ouro Preto há um museu em homenagem ao artista.


Belo Horizonte, capital de Minas, é também uma cidade repleta de história e arte. Começando pelo cartão postal da cidade, o Conjunto Arquitetônico da Pampulha. A lagoa, construída nos anos 40, assim como todos os prédios que formam o conjunto, foram idealizados por Oscar Niemeyer, e são declarados Patrimônio Cultural da Humanidade desde 2016. O complexo divide espaço com os famosos jardins de Burle Marx. Não deixe de tirar uma foto na fachada da singular Igreja de São Francisco com os seus belíssimos painéis de Candido Portinari. Mais a cara de Beagá impossível!


A capital mineira é a pioneira de um dos movimentos gastronômicos mais populares do país: o Comida di Buteco. Lançado nos anos 2000 em Minas Gerais, o festival se tornou um dos maiores do gênero no Brasil. Não por coincidência Minas foi a pioneira de um festival gastronômico que se tornou popular no país, já que o estado é nacionalmente conhecido por muitas delícias que viraram paixão nacional: feijão tropeiro, tutu mineiro e pão de queijo são só algumas das muitas iguarias de dar água na boca. Pros amantes de queijo há também muitas opções. Não deixem de experimentar tudo que puderem!


No nosso pacote, também te levamos para conhecer as cidades históricas de Tiradentes e Mariana, que reúnem outras obras de Aleijadinho, muitas ruelas com casarões históricos e a boa culinária mineira. Me diz se um convite para tomar um cafézinho com um pão de queijo, num cenário repleto de história como esse, não é irresistível? Agora é só colocar o Milton na vitrola!